Stanley e Black & Decker integram operações no Brasil.

Com a união, nasce a maior empresa de soluções em ferramentas do mundo.

Após a fusão nos Estados Unidos, no fim de 2009, a Stanley e a Black & Decker anunciam que começam a operar de forma integrada no Brasil com o lançamento das linhas de ferramentas manuais. A Stanley Black & Decker já nasce como a maior companhia de soluções em ferramentas do mundo, com faturamento global de US$ 8,4 bilhões em 2009. Marca forte e tradicional no mercado internacional, a nova companhia deve fechar o ano de 2010 com crescimento de 20% no Brasil, o que significa um faturamento local de mais de R$ 500 milhões.

Os primeiros anos de atividades da Stanley Black & Decker serão pautados por metas desafiadoras, mas muito promissoras. “Em cinco anos, o objetivo é conquistar de 20% a 25% do mercado de ferramentas manuais, que acabam de entrar no portfólio de produtos da empresa. Até o fim de 2010 serão lançados cerca de 1 mil itens desse segmento e mais 3 mil em 2011”, diz o presidente da companhia no Brasil, Paulo Martins.

Segundo ele, neste momento, a estratégia da empresa é investir no desenvolvimento dos pontos de distribuição das linhas de ferramentas manuais, sejam os já existentes ou os novos, além das ações de marketing e promocionais. “Aproveitaremos os canais que já estamos presentes hoje com as demais linhas e que possuem sinergia com o portfólio Stanley, mas já estamos negociando com aqueles voltados especificamente aos novos segmentos de interesse: construção, indústria pesada, aeronáutica, gás e petróleo, automotivo, entre outros.”

A gestão das linhas de ferramentas manuais será feita por uma equipe altamente treinada, composta por profissionais com experiência no setor, coordenados pelo Gerente de Marketing, João Paulo Tardelli, e pelo atual Diretor Comercial da empresa, Paulo Célio de Mattos. O time se dedicará ao incremento dos negócios do novo portfólio, o que inclui definição de linhas de produtos adequadas aos segmentos desse mercado no Brasil, distribuição, promoção técnica e fortalecimento da marca no País.

A empresa no Brasil

Com 1100 funcionários, divididos entre o escritório administrativo em São Paulo e a unidade industrial de Uberaba (MG), a empresa deve fechar o ano com um faturamento de mais de R$ 500 milhões. Além da nova divisão de ferramentas manuais, a Stanley Black & Decker permanecerá com as suas tradicionais linhas de eletrodomésticos, de ferramentas elétricas profissionais e industriais e de fechaduras, que passa a ser complementada com a chegada de soluções com foco em segurança. No total, a empresa oferecerá ao mercado brasileiro mais de 4 mil itens, entre produtos e acessórios.

História de Inovação e Pioneirismo

Inovação, pioneirismo e qualidade são atributos que marcam a história das duas companhias. Com uma trajetória de 167 anos, a Stanley foi responsável pela criação da trena manual e da plaina, entre outros itens. Por sua vez, a Black & Decker, com 100 anos de fundação, inventou não apenas a primeira furadeira elétrica portátil, mas também a primeira furadeira a bateria, desenvolvida especialmente para o Projeto Gemini da NASA.

Fonte: Portal Fator Brasil

Comente!

Comentar

Seu email nunca será publicado ou distribuído. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam Protection by WP-SpamFree